Ana Maura circular

Ana Carolina de Oliveira Costa

Doutoranda em Antropologia Social pela Universidade de Brasília como bolsista CAPES, pesquisa sobre história-política, capitalismo racial, marxismo africano e cultos aos Voduns no Benim, tendo realizado estágio de Doutorado Sanduíche (PDSE-CAPES) na Universidade de Abomey-Calavi sob supervisão do Professor Dodge Amouzovi. Mestre em Antropologia Social pela Universidade de Brasília, tendo realizado pesquisas sobre as guerras civis de Serra Leoa e Libéria, cujo enfoque recaiu na juventude, conflitos geracionais e uso de magia como arma de guerra. Graduada em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, com pesquisa sobre oralidades, narrativas míticas e transmissão de conhecimentos dentro de casas de candomblés em Belo Horizonte. Tem interesse nas temáticas: estudos africanos, estudos das relações étnico-raciais, teorias antropológica, circulação e produção de conhecimento no/do continente africano, antropologia da religião e bruxaria, antropologia política; capitalismo racial; marxismo africano e; África-Mundo. Participante no ano de 2019 da École Doctorale des Ateliliers de la Pensée de Dakar, coordenado por Achille Mbembe, Françoise Vergès e Felwine Sarr dentre outros.


Ana Maura circular

Ana Maura Tomesani

Doutora em Relações Internacionais pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Ciência Política (2005) e Graduada em Ciências Sociais pela mesma Universidade, com disciplinas cursadas na Université Laval (Canadá) e estágio de pesquisa na Université de Montréal (Canadá), Ana Maura é integrante e uma das fundadoras da Rede de Pesquisa em Paz, Conflitos e Estudos Críticos de Segurança (PCECS) e do Lepif (Laboratório de Estudos e Pesquisas Internacionais e de Fronteira). Membro da Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação. Faz parte do Grupo de Experts da Global Alliance Against Transnational Organized Crime. Foi coordenadora executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e consultora do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para assuntos relacionados à segurança pública, participação social e qualidade dos dados. Atualmente é gerente do Projeto Censo de Mercados Ilícitos na Tríplice Fronteira, iniciativa da JHM Pesquisa.

 

Chirley Rodrigues Mendes

Doutora em Antropologia Social pela Universidade de Brasília (UnB) e mestre na mesma área pela mesma instituição, como bolsista CNPq, com estágio de Doutorado Sanduíche (PDSE-CAPES) na Universidade de Cabo Verde (UniCV) e participação no Programa Internacional de Apoio à Pesquisa e ao Ensino por meio da Mobilidade Docente e Discente Internacional (Pró-mobilidade Internacional – CAPES-AULP) na mesma universidade junto ao Centro de Investigação e Formação em Gênero e Família (CIGEF). Graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Montes Claros. Pesquisa sobre juventude em Cabo Verde numa perspectiva interseccional e intergeracional, em contextos urbanos e rurais da Ilha de Santiago. Trabalha com as temáticas: gênero, feminilidades e masculinidades; família, espaços domésticos e de intimidade; história de vida e trajetórias de vida; estudos e teorias do cuidado, redes de apoio e sociabilidade; estudos africanos e afro-brasileiros; estudos das relações étnico-raciais; juventude, estudos geracionais; interseccionalidade; pós-colonialidade e decolonialidade.

 

Crislei Oliveira circular


Crislei de Oliveira Custódio

Licenciada em Pedagogia, Mestre e Doutora em Educação pelo Departamento de Filosofia da Educação e Ciências da Educação da Faculdade de Educação da USP. Membro da equipe de educação em direitos humanos do Instituto Vladimir Herzog, Professora titular do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNIB e membro do grupo de estudos “Violência em tempos sombrios” do Núcleo de Estudos sobre a Violência (NEV/USP). Foi organizadora da coletânea “Hannah Arendt: a crise na educação e o mundo moderno”, publicada em 2017, com apoio da Fapesp, pela Editora Intermeios.




3Daniela Costa Dornfeld

Doutoranda e Mestre pelo programa de Pós-Graduação em História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP), na linha de pesquisa Teoria e História das Artes. É graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP). Em 2016, participou programa Seminário Internacional em Museologia, com estágio em museus franceses, parceria da Escola do Louvre e do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Nesse período, trabalhou como estagiária do Museu D'Orsay, no Setor de Curadoria em Arquitetura e Paisagem, em Paris. Cursou Civilização Francesa na Universidade Paris Sorbonne (2010). Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, atuando em projetos e obras. É docente nos Cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design de Interiores na Universidade Cruzeiro do Sul, nas disciplinas de História, Patrimônio e Restauro, Paisagismo e Revit. Seus principais temas de atuação e pesquisa são: história e teoria das artes, história da arquitetura e o Art Nouveau.

 

Mariela Campos Rocha
Enrico Spaggiari

Doutor e mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP). É pesquisador do LUDENS - Núcleo Interdisciplinar de Estudos sobre Futebol e Modalidades Lúdicas da USP, do Grupo de Estudos em Antropologia da Cidade (GEAC/USP) e do Núcleo de Antropologia Urbana (NAU/USP). É autor do livro Família Joga Bola (Ed. Intermeios/FAPESP) e coorganizador das coletâneas: Lazer de perto e de dentro (Edições SESC), Práticas, conflitos e espaços (Ed. Gramma/Terceiro Nome, FAPESP) e Entre Jogos e Copas: reflexões de uma década esportiva (Ed. Intermeios/FAPESP). É um dos editores do site Ludopédio. É coordenador da coleção Entre Jogos no âmbito da Editora Intermeios. Possui experiência na área da Antropologia, com ênfase em Esporte, Cidade, Juventude e Lazer.

 

3


Felipe Gabriel Oliveira

Mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo e doutorando pela mesma instituição. É bacharel em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, e pesquisador do Centro de Estudos de Religiosidades Contemporâneas e das Culturas Negras (CERNe-USP), onde desenvolve atualmente pesquisa sobre carnaval, religião e políticas públicas em São Paulo (SP). Integrante do Laboratório do Núcleo de Antropologia Urbana (LabNAU-USP). Tem interesse nos temas: cultura popular, festas, religião, corpo, performance, carnaval, samba e dança.

 

 

3


Fernando Valentim

Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP), Mestre em Ciências Humanas e Sociais (UFABC) e Coordenador Executivo do Observatório Brasileiro da Guarda Compartilhada (OBGC). Possui também especializações em Gestão Pública (UFT) e metodologia de pesquisa (CEBRAP).

 



Gian redonda cortada
Giancarlo Machado

Doutor e mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP). Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Social da Universidade Estadual de Montes Claros (PPGDS/Unimontes-MG). Professor adjunto vinculado ao departamento de Ciências Sociais da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes-MG). É pesquisador do Núcleo de Antropologia Urbana (NAU/USP). É autor do livro De carrinho pela cidade: a prática do skate em São Paulo (Ed. Intermeios/FAPESP) e organizador da coletânea Entre Jogos e Copas: reflexões de uma década esportiva (Ed. Intermeios/FAPESP). É coordenador da coleção Entre Jogos no âmbito da Editora Intermeios. Possui experiência na área da Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana, Antropologia da Juventude e Antropologia dos Esportes. É membro da Rede de Estudos e Pesquisas sobre Ações e Experiências Juvenis (REAJ) e associado efetivo da Associação Brasileira de Antropologia (ABA) desde 2010.

 

Guilherme circular

 

Guilherme Assis de Almeida

Professor da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP). É Doutor e Bacharel em Direito pela mesma Universidade. Tem experiência na área de Ciências Sociais, com ênfase em Direitos Humanos, atuando principalmente nos seguintes temas: direitos humanos, direito internacional, não violência, violência e refugiado.

  


 
Jacqueline Moraes Teixeira

Doutora em Antropologia Social na Universidade de São Paulo (USP) onde também obteve o título de mestre. Possui graduação em Ciências Sociais (USP/2008) e graduação em Teologia (Universidade Presbiteriana Mackenzie/2012). É pesquisadora do Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento) realizando pesquisas na área de gênero, raça, sexualidade e religião, do NAU (Laboratório do Núcleo de Antropologia Urbana da USP) onde desenvolve pesquisas sobre religiosidade em contextos urbanos, e do Numas (Núcleo dos Marcadores Sociais da Diferença da USP. Suas principais áreas de atuação e pesquisa são Antropologia Urbana, Antropologia da Religião e Marcadores Sociais da Diferença. Atualmente realiza estágio de Pós Doutorado no Programa de Pós Graduação em Antropologia Social (PPGAS-USP) e é professora credenciada no Programa de Pós Graduação em Educação da USP.

 

Marcel Diego Tonini

Marcel Diego Tonini é graduado (2006) em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP - Campus de Araraquara). É mestre (2010) e doutor (2016) em História Social pela Universidade de São Paulo. É membro do Núcleo de Estudos em História Oral (NEHO-USP) e do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas sobre Futebol e Modalidades Lúdicas (LUDENS-USP). É um dos editores do site Ludopédio (www.ludopedio.com.br) e integra o Conselho Editorial da Editora Ludopédio.

 

3

 

Marcelo Perilo
 

Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Federal de Goiás (UFG), mestre em Antropologia Social pela UFG e doutor em Antropologia Social pela Unicamp. Em suas pesquisas científicas trabalha com gênero, sexualidade, juventude e cidades. Atuou como docente no Senac São Paulo e Universidade Federal de Goiás. É sócio e diretor da Meshwork - suporte à pesquisa científica.

 

3
Mariela Campos Rocha

Fez residência Pós doutoral em Desenvolvimento Social na Universidade Estadual de Montes Claros – Unimontes (2019). É doutora (2018) e mestra (2013) em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG. Fez doutorado sanduíche na University of Texas at Austin (2017). Especializou-se em Informática em Educação pela Universidade Federal de Lavras (2004). É bacharel em Ciências Sociais pela Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG (2003). Atua como pesquisadora do Centro de Estudos sobre Comportamento Político (CECOMP) do Departamento de Ciência Política da UFMG.

 

   3

Max Filipe Nigro Rocha

Max Filipe Nigro Rocha é graduado e mestre em História pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente, realiza pesquisa de doutorado sobre futebol e política pela USP. Editor do site Ludopédio (www.ludopedio.com.br)e pesquisador do LUDENS (Núcleo Interdisciplinar de Estudos Sobre Fute bol e Modalidades Lúdicas) que integra pesquisadores da USP, Unicamp, Unesp e Unifesp.
 

 

 3

Nayara Alvim
 
Mestre em Antropologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Tem experiência na área da Antropologia, com ênfase em Antropologia da Religião, atuando principalmente nos seguintes temas: Religiosidade, Catolicismo e Juventude.


 


Renata Reis

Doutora em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento na UFRJ. Atualmente é Especialista em Acesso Humanitário Regional (América Latina) na Organização Humanitária Médicos Sem Fronteiras (MSF)- Bélgica. Foi Relações Institucionais e responsável por advocacy em MSF Brasil por 5 anos. Foi advogada e coordenadora de Advocacy da Associação Brasileira Interdisicplinar de AIDS - ABIA e coordenadora do Grupo de Trabalho sobre Propriedade Intelectual da REBRIP .Possui graduação em Jornalismo e Direito pela UNIFLU e mestrado em Políticas Sociais pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF (2005) com sanduiche na Universidade Livre de Bruxelas - ULB, Bélgica. Tem experiência na área de Direitos Humanos, Relações Institucionais e Governamentais, Advocacy, Propriedade Intelectual com ênfase em Propriedade Industrial, patentes, medicamentos e acesso a saúde cooperação internacional e assuntos humanitários.

Verônica Borges circular


Verônica Borges

Verônica Borges é artista educadora, percussionista, cantora e pesquisadora com mais de 15 anos de experiência nas batucadas da vida. Entre suas atividades, destacam-se: Regente do Bloco Pagu; ritmista da escola de samba Nenê de Vila Matilde por 10 anos e atuante em diversos blocos de carnaval de rua em São Paulo; Surdista do sambista da velha guarda Toinho Melodia e do Conjunto João Rubinato (vida e obra de Adoniran Barbosa; e Pós-graduanda em Percussão Brasileira (FASM), pesquisadora (LAPER-UFPB), bacharel em Ciências Sociais (Unicamp) e certificada em cursos livres de percussão, rítmica e canto (Emesp Tom Jobim).


weslei circular



Weslei Estradiote Rodrigues

Doutorando em Sociologia pela Universidade de São Paulo (PPGS-USP), Mestre em Antropologia Social pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da mesma universidade (PPGAS-USP) e Bacharel em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP), com pesquisas nas áreas de Sociologia da Cultura e da Arte, Sociologia e Antropologia Urbanas e dos Movimentos Migratórios.


 

Yuri Bassichetto Tambucci

Yuri Bassichetto Tambucci é cientista social e mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP). Pesquisador associado do Laboratório do Núcleo de Antropologia Urbana (LabNAU-USP), possui experiências em pesquisas etnográficas com enfoques relacionados à Antropologia Urbana, como lazer e práticas de sociabilidade, mobilidade, cultura, movimento estudantil e esporte. Atualmente trabalha na interface entre antropologia e arquitetura.

 

// Laboratório Social

>> Quem Somos

>> Nossa Equipe
     >
Coordenação
     > Conselho Científico
     > Colaboradores

>> Seja um(a) Colaborador(a)

 

// Contato

Envie sua mensagem

 

// Receba nosso boletim

sintese logo
Copyright ©2019 Laboratório Social, por Síntese Eventos
Todos os direitos reservados.

Produzido por:
Multimedia Design Studio
Webdesign: Disco Design